Ter, 27 de junho de 2017, 10:16

I Seminário Mundo Atlântico e Colonização Portuguesa: desafios na pesquisa e ensino
Evento ocorre na UFS, de 03 a 05 de julho de 2017

De 03 a 05 de julho, o Programa de Pós-graduação em História (PROHIS) propõe, na Universidade Federal de Sergipe, um evento que visa refletir historicamente sobre diversas culturas e espaços que compõem o oceano Atlântico e suas aplicações na pesquisa e estudo de História, discorrendo sobre aspectos problematizadores da expansão marítima portuguesa, usualmente estudada a partir da pespectiva da metrópole, o que invisibiliza o reconhecimento de uma formação econômica e social original, devido à vasta quantidade de influências.

Com o apoio da FAPITEC/SE, o evento é promovido pelo Programa de Pós-graduação em História (PROHIS) e os grupos de pesquisa: Sergipe Colonial (CNPq – UFS), Relações sociais e poder na História (CNPq – UFS) e História da América portuguesa (CNPq- UNEB).

Programação

03 de julho

​19h - Abertura oficial do evento com a Comissão Organizadora

​Palestra de abertura: Currentes Migratórias no Atlântico Sul : Benguela-Portos do Brasil-Benguela, c. 1715-1850

José Curto (York University)

Local: Auditório Didática V

​​04 de julho

9h - Mesas-redondas

​Mesa-redonda 1:

​Cristãos-novos ante a Inquisição lusa.

Marco Antônio Nunes da Silva (UFRB)

​Inquisição e infância: uma cristã-nova nos cárceres inquisitoriais Suzana Maria de Sousa Santos Severs

​Cristãos-novos na Bahia colonial: estudo prosopográfico.

Marcos Silva (UFS) moderação e comunicação.

​14h - Simpósios temáticos:

1.Colonização e mundo atlântico: debates historiográficos, metodologias e abordagens

2.Redes, instituições e práticas de poder no espaço ibero-americano (secs. XVI-XIX)

3. Cultura e dinâmicas coloniais em perspectiva atlântica

4.Sessão de Iniciação científica e pesquisas na graduação

5. Tráfico e comércio de escravos: dimensões da escravidão moderna

​19h - Conferência:

Palestra: Novos olhares sobre os poderes locais na América portuguesa (sécs. XVII e XVIII)

George Felix Cabral (UFPE)

Local: Auditório Didática V

05 de julho

​09h - Mesas-redondas

Mesa-redonda 2

​Africanos e mestiços na América Portuguesa: continuidades e rupturas da sociedade escravista no fim da Modernidade Atlântica

​Participantes:

Roberto Ferreira Guedes (UFRRJ)

Gian Carlo da Silva Melo (UFAL)

Carlos de Oliveira Malaquias (UFS)

​14h - Simpósios temáticos:

1.Colonização e mundo atlântico: debates historiográficos, metodologias e abordagens

2.Redes, instituições e práticas de poder no espaço ibero-americano (secs. XVI-XIX)

3. Cultura e dinâmicas coloniais em perspectiva atlântica

4.Sessão de Iniciação científica e pesquisas na graduação

5. Tráfico e comércio de escravos: dimensões da escravidão moderna

​19h - Palestra de Encerramento:

Inflexões no/do Ensino de História da África e do Brasil no contexto da Lei n. 10.639/2003

Andreia Nunes Militão (UEMS)

Local: Auditório da Bicen

Mais informações aqui.


Mundo atlantico
Atualizado em: Ter, 27 de junho de 2017, 10:45
Notícias UFS
Avaliação
UFS é destaque no Enade 2016
Enfermagem e Nutrição (ambos de Lagarto) e Fisioterapia (Aracaju) obtiveram nota máxima; veja nota de outros cursos